novembro 08, 2016

Precisaria do dobro do tempo para viver o virtual e a vida
com a virtuosidade por mim desejada e exigida.
Talvez me desdobre, me amarrote, me amasse e torne presente.
Quem sabe se conseguirei cumprir as tarefas e não mais me ausente?

Sem comentários: