maio 28, 2008

Olhares

Olhares frios, amedrontados, olhares tristes e envergonhados
Olhares tantos e tantos olhares…
Há sede de olhares!
Olhares azuis, verdes ou castanhos, não interessa a cor, raça ou sequer tamanhos!
Olhares…
Olhares que observam alguém, que se cruzam, olhares que se admiram e se criticam também.
Olhares que ambicionam, olhares que perturbam, que penetram e olhares que te rasgam.
Há imensos olhares passageiros… sinto sede de olhares, olhares verdadeiros!
Olhares que saciam e satisfazem.
Quero mais e melhores olhares…
Aliás quero um olhar! Um olhar intenso, olhar real. Um olhar que aqueça, olhar que estremeça e me adormeça…
Não sei onde ele está! Olho em redor, olho em diante… estará assim tão distante? Quero esse olhar sincero… Onde pairam os olhares?

Andreia Peres

8 comentários:

adc disse...

Muito bem Peixinha!!!
Adorei realmente o que escreveste.
Revejo-me na forma da escrita e no conteúdo.

*****Magia Wiiiiiiiiiiinx!!!!******

Brain disse...

Eu...
Olho-te por diversas vezes.

:)

Um Beijo meu.

Minerva disse...

O meu agora está por aqui...

:D

Bjs

José Miguel Gomes disse...

Os olhares estão algures no que olhamos e não vemos.

Fica bem,
Miguel

carla granja disse...

Em cada olhar um misterio e o olhar é o espelho da alma
te desejo uma boa semana e se quiseres passa por cá
bjo
carla granja

carla granja disse...

Em cada olhar um misterio e o olhar é o espelho da alma
te desejo uma boa semana e se quiseres passa por cá
bjo
carla granja

carla granja disse...

Em cada olhar um misterio e o olhar é o espelho da alma
te desejo uma boa semana e se quiseres passa por cá
bjo
carla granja

Alma Gêmea disse...

Não olhamos todos num só sentido?! e assim sendo, todos esquecemos que um olhar puro e sincero...é aquele que através de um outro, nos identificamos!!!

Boa...Linda!!!