janeiro 17, 2008

Frestas


Uns com imenso tempo... outros com escasso.
Uns com escassas palavras... outros com imensas.
De tempo e palavras, preenchemos as frestas do chão que pisamos!

adc

3 comentários:

Ni disse...

Um chão que fica cheio... seguro! Caminha... não vais cair.

Bjinhos

José Miguel Gomes disse...

E até as frestas da própria água, que calcamos quando estamos cansados.

Fica bem,
Miguel

Minerva disse...

Deixei-te uma "marca" no meu blog... não para o chão mas para a parede do teu blog...

Beijo