outubro 01, 2007

Ensaio à volta da espera - 5

Espera no lado da lua que nunca aquece, na sombra persistente em que teu coração arrefece.
No sofá da sala, chegará a hora de olhar as fictícias vidas de outros para não viver a tua.
À porta, porque fazes cerimónia ou descalça os sapatos que teimosamente escolhem percorrer a rua.
Espera chegar a horas aos compromissos, esperando o relógio por ti, segundo a segundo sem parar.
Espera por mim, entretanto vou chegar.
Tudo de bom te acontecerá, só porque ficaste sentado à espera.
Espera não cometeres erros e acertar à primeira.
Confia que nesta vida não será necessário esperar mais.
Convido-te a aguardar na sala de espera, porém a vida passa sem te chamar.

adc

3 comentários:

Brain disse...

E na antítese de tudo o descrito,
A realidade.

ADC, adorei!

Beijo.

Pink disse...

1º q td, tenho d te dar os parabéns. Surpreendes-me sempre c a tua escrita! Adorei esta última!!!
Td bem por R.Mar?
Vida pink?
Sonhos pinks?
Q 1 estrelinha brilhe n céu por ti.
Até!

carla granja disse...

lindo o teu blog , linda a musica e lindo de mais o k escreves o k posso dizer mais! parabens .
bjo
carla granja