setembro 17, 2006

Máscaras



Coloca uma máscara que oculte a tristeza,

Um sorriso que mostre certeza,

Disfarce que pare a ansiedade.

Coloca um olhar que esconda a verdade,

Coloca uma máscara que te dê cor,

Que te facilite o caminho.

Acalme o tremor.

Que se cole a ti e adoce um sorriso definitivo.

Outro eu vivo.

adc

9 comentários:

Ana Luar disse...

No momento a mascara da tristeza é toda minha...
Outro dia vou perdir-te o tal sorriso.
Adorei o poema... apesar do meu coração sangrar.

Anónimo disse...

Muito Profundo....Beijinhos

Papoila disse...

Muito bonito! A imagem está fantástica! Hoje mascarei-me de mim... estou a precisar de me achar!
Beijo

Anónimo disse...

No fundo somos todos atores natos, fazemos nossa própria novela, temos vícios emocionais, e pra isso temos máscaras, pra esconder alguns deles, pra acentuar outros tantos... hj me dou conta de que uso pouco aquela que me assuta, mas me faria bem, a de uma mulher triste, que quer colo e amor de verdade... sou uma mulher mascarada, já não me permito amar mas quero ser amada... como regressar?

Anónimo disse...

...não sei

Lune disse...

verdade .. todos usando mascaras.. niguem coloca o seu proprio rosto .. um sorriso de verdade.


gostei muito ta imagem

Anónimo disse...

bem...nao concordo...de q todos usamos mascaras...ax.nem tem como,algum dia vamos ter q mostrar qm somos na realidade...

Anny Carollyne disse...

é verdade,todos usamos máscaras,elas se fazem necessárias para encarar a vida.

Analuka disse...

Bonito poema, acompanhando a bela imagem com as máscaras!... Por vezes, precisamos nos aprumar e inventar estas "personas" para superar dores e seguir em frente com cor e coragem!... Abraço alado!